Fonte das Pedras

Carrancas da Fonte das Pedras / Foto: Márcio Vasconcelos

São Luís poderia ser a cidade mais bonita do país se não fosse o descaso do poder público. E nem mesmo a água, vital para a vida humana, tem sido levada em consideração. Tantos meandros para falar das fontes da capital maranhense. O que antes representava espaços de fundamental importância para o desenvolvimento da cidade, hoje são relegados ao esquecimento.

O crescimento da cidade exigiu que as fontes fossem sendo construídas para suprir as necessidades de abastecimento de água. Assim, pelo menos 10 fontes públicas foram construídas na cidade colonial, mas destas apenas três resistiram ao tempo e guardam hoje um passado de história. Uma delas é a Fonte das Pedras, considerada por alguns historiadores, porta de entrada da cidade.

Conheça também a Fonte do Ribeirão.

História – Edificada pelos holandeses que aqui estiveram (1641 / 1644), a Fonte das Pedras serviu de base para as tropas de Jerônimo de Albuquerque quando da expulsão dos franceses da Ilha (1615). Suas águas não corriam tanto, por isso não era de serventia à população local que recorria a outras a grande distância, mas satisfaziam as necessidades das embarcações que atravessavam o mar ou seguiam para o interior.

Fonte das Pedras / Foto: Douglas Junior

Era um local fartamente arborizado, o que garantia a abundância da água doce, o que se repetia em vários pontos da cidade. Por um tempo houve discussão na Câmera a respeito do corte de algumas árvores, mas decidiu-se que era importante manter a vegetação para não secar a nascente, o que seria um grande prejuízo para a população.

Fonte das Pedras é revitalizada por voluntários.

Tombamento – Em 1825, o governador Manuel Teles da Silva Lobo ordenou uma reforma na fonte a fim de oferecer maior comodidade e fácil transporte à vizinhança. Situada à frente da Rua de São João, ladeada pelas Ruas do Mocambo e da Inveja e com fundos que se confrontam com os da antiga Fábrica Santa Amélia, a Fonte foi tombada pelo IPHAN, em 1963, e ainda hoje é usada pelos moradores das adjacências em dias de falta de água no Centro de São Luís, resistindo ao tempo e à ação de vândalos.

Leia mais sobre a Fábrica Santa Amélia.

A Fonte das Pedras fica aberta para visitação pública quando o prefeito não retira as equipes da Guarda Municipal que fazem segurança do local. É ponto de encontro de família e namorados, e espaço para as brincadeiras das crianças. Vale a visita.

Visite:
Fonte das Pedras
Onde: Rua de São João, Centro
Como chegar: Pegue ônibus que passe no Mercado Central, ou então desça no Anel Viário.

Algumas informações retiradas de “Caminhos de São Luís”, de Carlos de Lima (2007).
Anúncios

7 comentários sobre “Fonte das Pedras

  1. SÃO LUÍS SERIA UMA DAS CIDADES MAIS BONITAS DO MUNDO SE NÃO FOSSE NÃO DESORGANIZADA E ABANDONADA,ESSA FONTE É UM PONTO TURÍSTICO,DEVERIA ESTÁ EM MELHORES CONDIÇÕES JÁ QUE ESTÁ PRESTE A COMPLETAR 400 ANOS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s