Sítio do Físico

Ruínas do Sítio do Físico / Foto: De Jesus

No século XIX, São Luís passava por um processo de industrialização com a instalação de fábricas na cidade, como o Sítio Santo Antônio da Alegria ou Sítio do Físico (denominação popular dada ao local devido ao seu proprietário, o físico-mor da então Capitania Geral do Maranhão, Antônio José Pereira da Silva).

Situado às margens do Rio Bacanga, em um terreno de 100 hectares, esse foi o maior complexo industrial do estado, considerado também o primeiro parque industrial planificado do Brasil. No local foi iniciada a construção de composto de indústrias de beneficiamento de arroz, sal, couro curtido, pólvora, cera, vela e cerâmica. Além disso, após a morte do físico em 1817, passou a fabricar fogos de artifícios.

Conheça também a Fábrica Santa Amélia

A fábrica era formada por fornos, caldeiras, curturme, armazéns, poços, cais e canalizações de rede de esgotos para águas pluviais e resíduos de curtume, entre outras estruturas. No terreno havia também uma casa grande – alpendrada e calçada de cantaria e cerâmica –, uma igreja e uma senzala, assim com as antigas casas de engenho. Do conjunto de edificações, resistem atualmente ruínas da muralha, de alguns poços, uma escadaria, rampas, tanques e a fornalha.

Relíquia – Com a desativação do parque industrial, o Sítio do Físico se transformou em verdadeira relíquia arqueológica que sofre com a ação do tempo. Em 2006, pesquisadores encontraram sambaqui (restos de conchas e alimentos acumulados) no local onde estava situada a reserva de cal, comprovando a presença de aldeias indígenas há pelo menos 5 mil anos na região. Pesquisas também encontraram vários padrões de azulejos, do período pombalino.

Ruínas do Sítio do Físico / Foto: Diego Chaves

O acesso ao sítio é feito por uma estrada de areia e terra batida, pela reserva do Parque Estadual do Bacanga. O caminho mais fácil é por dentro da área da Companhia de Água e Esgoto do Maranhão (Caema), pertencente ao Estado, mas é necessário autorização para entrar. Não há restaurantes no lugar e nem local para descanso.

Atualmente, as ruínas encontram-se ameaçadas pela falta de conservação e pela invasão imobiliária desordenada. Algumas casas já foram construídas a menos de 300m das construções históricas. Se quiser visitar algumas agências de viagens locais programam passeios.

Com informações de Yane Botelho.
Anúncios

19 comentários sobre “Sítio do Físico

  1. Estou com vontade de ir visitar o Sitio do Fisico, mas observei que a maioria das pessoas que lá estiveram, reclamaram do som baixo da voz do guia. Alguém da administração do local já pensou na utilização de um megafone, um aparelho portátil para amplificar a voz, ideal para quem vai falar com público em movimento. Custam em torno de R$ 35,00, os mais simples até R$ 170,00 os mais sofisticados. Meu interesse não é vender o produto, mas fazer uma sugestão com o máximo informação possível. Pela internet vão encontrar esse tipo de produto em centenas de lugares. Segue o link do Walmart com alguns modelos: https://www.walmart.com.br/busca/?ft=megafone&PS=20&utm_source=google&utm_medium=sem&utm_campaign=Geral_Palavras_PLA&s_kwcid=sem|google||megafone&utm_term=megafone&gclid=CjwKEAiAz4XFBRCW87vj6-28uFMSJAAHeGZbmHPw3VYMnQ4Ri6Fh-v-OZb1KZkaed0t0El_ojvGH4hoCpU3w_wcB.
    Fazendo busca pela internet, tentei encontrar informações do tipo:
    – Horário e dias para visitação
    – Se há custo por pessoa
    – Recomendaçoes especiais
    Mas não encontrei nada. Não localizei nenhum telefone, mas encontrei o facebook deles: https://www.facebook.com/Ecomuseu-S%C3%ADtio-do-F%C3%ADsico-1633085370290702/. Deixei mensagem, pedindo informações, mas também não obtive retorno.
    Se alguém puder me ajudar, ficarei grato.

  2. conhece o sitio do físico ha muitos anos, eu e dois irmão meu mais velho que eu, eu ja estou na faixa dos cinquenta anos , eu tinha seis e sete anos , quando nos sempre la pegando mangas , e nós eu e meu irmão levava café e a açucar ,pra uma pessoa que morava numa casa , grande de la , o sitio era muto lindo eu tinha medo tinha vários poços , com ferragem pra cima como esperto , meu irmão dizia não fica na beira nos podemos cair ai e nunca mais nos voltamos , la tinha muitos pés de manga muito gostosa eu tinha um ´pé me manga la se eu chegasse , la e tivesse outra criança por la eu dizia sair do meu pé de manga , eu nunca vou esquecer este lugar , agora voltei la depois de muitos anos dia 19 de 11 de 2016 lembra meu passado muito bom foi Sábado eu amo este lugar vou levar vários turista la , com fé em DEUS

  3. Qdo eu for novamente para S.Luiz,quero conhecer esse Sitio,é demais,tem mtas histórias,.

  4. a vocês que foram e não prestaram atenção ao guia, com certeza não dão valor à história de são luís e seus registros materiais, descaso tanto da sociedade quanto do poder a qual somos subjugados. o sítio é fonte de história e não somente um ‘lugarzinho bonito ” somente pra tirar fotos!

  5. Tenho muita vontade de ir a esse lugar. Entretanto, não sei como fazer, penso que irei incluir nas minhas próximas viagens. Penso que as autoridades competentes, deveriam fazer bom uso dessa relíquia e não deixa-lo abandonado à própria sorte ou servir como possível antro para malfeitores. Acorda juventude, associações, Universidades e cobrem das autoridades competentes, vocês tem uma relíquia e não é utilizada. Essa é a minha indignação.

    1. o sítio é de poder privado, porém aberto a visitações. projetos e mais projetos ao longo dos anos foram feitos para a utilização do local, porém como existem as ruínas da antiga fábrica o tempo deixou alguns locais pouco seguros. mas recomendo visitá-lo, é uma ótima fonte de pesquisa e história não vai se arrepender ^^

  6. amei o sitio, tudo la é perfeito … pena q não deu pra entender nada q o guia tava falando, ele falava deixo demais ,mesmo a sim eu amei o lugar !!!!! amei o sitio !!!!!

  7. Foi mtu massa,adorei o lugar é perfeito,mtu liindo,não prestei atenção no guia,pq era mtuy aluno e ele falava mtu baixo,mais foi otimo!

  8. kara la foi muito legal eu tirei muitas fotos de vários lugares do sitio e brinquei tanto que nem intendi nada que o guia tava falando tb.

  9. eu fui la ontem!!!la é muito legal pra tirar foto mas quando o guia tava falando eu tava entendendo nada que ele falava foi so palhaçada fui num passeio da escola!!!

  10. O TURISMO DE SÃO LUÍS PRATICAMENTE NÃO EXISTE,JÁ QUE OS TURISTAS NÃO QUEREM VIM NUMA CIDADE DESORGANIZADA E ABANDONADA,CASTELO N FAZ NADA,CASTELO NUNCA MAIS…VOTEM EM WASHINGTON

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s