Teatro João do Vale

Teatro João do Vale / Foto: Biné Morais

O Teatro João do Vale é um dos poucos espaços para apresentações artísticas de São Luís. O prédio onde funciona era, originalmente, um galpão que servia de depósito de açúcar de propriedade do empresário Rocha Aguiar. Localizado no Largo do Comércio (Rua da Estrela), o galpão foi construído na década de 1950 e somente no fim dos anos 80 recebeu a função de teatro.

Conheça também o Teatro Arthur Azevedo, em São Luís.

A primeira vista, pensa-se tratar de um casario colonial, devido principalmente ao seu endereço e ao estilo de sua fachada. Ledo engano. O Teatro João do Vale não passa de um pastiche. Por causa de sua localização estratégica, o prédio foi adquirido pelo Governo do Estado na administração de Epitácio Cafeteira, durante a execução do Projeto Reviver, sendo adaptado para que ficasse a semelhança dos sobrados vizinhos e não destoasse do conjunto arquitetônico da Praia Grande.

Assim, à sua nova fachada acrescentou-se um frontão triangular e no seu interior foram instalados banheiros, palco e sala de administração. Pintado de amarelo, nessa época recebeu o apelido de “Teatro Canarinho”. Em 18 de dezembro de 2001, o teatro foi reinaugurado depois de nova reforma, em que foi batizado com nome atual, tendo em seu foyer um busto do cantor e compositor maranhense homenageado. Foram adquiridos equipamentos modernos de cenografia, sonorização, acústica e climatização.

Neste mesmo ano, o João do Vale foi adotado pelo governo estadual como como laboratório para o Curso de Formação de Atores do Centro de Artes Cênicas do Maranhão (Cacem), além de ser palco para importantes apresentações artísticas e festivais. Mas em 2006 deixou foi desvinculado do órgão, passando a ser de responsabilidade da Secretaria de Estado da Cultura (Secma).

João do Vale / Reprodução

O artista – O músico, cantor e compositor João Batista do Vale mais conhecido como João do Vale nasceu no dia 11 de outubro de 1934, em Pedreiras, Maranhão. De origem humilde, João sempre gostou muito de música, aos 13 anos se mudou para São Luís. Em 1964 estreou como cantor. Suas principais composições são: Carcará em parceria com José Cândido e imortalizado na interpretação de Maria Bethânia, Peba na pimenta com Adelino Rivera e Pisa na fulô com Silveira Júnior. João do Vale morreu no dia 6 de dezembro de 1996, na capital maranhense.

Visite:
Teatro João do Vale
Onde: 
Rua da Estrela, 283, Praia Grande
Como chegar: 
Pegue qualquer ônibus que entre no Terminal de Integração da Praia Grande, onde irá descer. Saia do terminal, atravesse a avenida pela faixa de pedestre, claro, e siga pela rua logo à sua frente, ao lado do Viva Cidadão. Depois vire à esquerda, onde logo se vê o prédio do Teatro.

Fonte: São Luís, Ilha do Maranhão e Alcântara, José Antonio Viana Lopes (org).

Anúncios

Um comentário sobre “Teatro João do Vale

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s