Memorial Bandeira Tribuzi

O Memorial Bandeira Tribuzi, construído entre 1985 e 1987 em homenagem ao escritor e jornalista ludovicense, foi revitalizado durante o projeto de urbanização do Espigão Costeiro, na Península da Ponta d’Areia, em São Luís. O local que ficou por muito tempo abandonado, agora recebe diariamente centenas de visitantes que podem conhecer um pouco da história do escritor e presenciar exposições culturais.

foto 1 (1)O Memorial Bandeira Tribuzi foi projetado por um dos grandes arquitetos modernistas brasileiros, Acácio Borsoi, e fazia parte de um projeto maior de revitalização e dinamização da orla marítima da capital maranhense. O Memorial é composto por três prédios: o primeiro foi construído com intuito de abriga o Museu da Imagem e do Som, o segundo seria destinado a exposições de arte temporárias e o último dotado de auditório e espaço para mostras de fotografia.

Conheça o Espigão Costeiro de São Luís.

Obra com características modernistas, a construção segue a linha de muitos prédios erguidos naquela época, utilizando linhas retas e concreto aparente na estrutura e acabamento. As três construções têm a mesma estrutura externa, formada por pilares estilizados que suportam uma laje com platibanda rampada.

Com a reforma, o espaço agora ganhou uma lanchonete e um dos prédios foi destinado à administração do local. Uma grande praça foi feita no local, complementando a urbanização do Espigão Costeiro, que se tornou cartão-postal da cidade, recebendo inúmeros visitantes. Ao lado está o Forte de Santo Antônio, que também passa por processo de revitalização.

Conheça o Forte de Santo Antônio, em São Luís.

Atualmente, em um dos prédios está uma exposição em homenagem a Bandeira Tribuzi, que além de ensaístas, jornalista, economista e professor, também foi músico. É de sua autoria a os versos que compõem o Hino de Louvor à São Luís. O ludovicense Bandeira Tribuzzi, que fundou o jornal O Estado do Maranhão, morreu aos 50 anos, em 8 de setembro de 1977, data do aniversário de sua cidade natal.

Como chegar: Para quem for de ônibus, pegar linha Litorânea Calhau e descer na última parada da Península da Ponta da Areia, próximo ao Iate Clube, virar à direita, sentido ao Espigão.

Com informações do livro “São Luís – Ilha do Maranhão e Alcântara”, de José Lopes (org). Imagens: Anderson Corrêa

Anúncios

2 comentários sobre “Memorial Bandeira Tribuzi

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s