Palácio Cristo Rei

Com o título Guardião da Memória da UFMA, o Palácio Cristo Rei, localizado na Praça Gonçalves Dias, é um belo exemplar da arquitetura colonial de São Luís. Construído em 1838, por iniciativa do comendador José Joaquim Vieira Belfort, o casarão serviu em seus primeiros anos como moradia de sua família. Os herdeiros, contudo, venderam o imóvel em 1900 para o vice-cônsul dos Estados Unidos das América, Joaquim Baptista do Prado, bancário que tinha como hábito servir sofisticadas iguarias aos pobres. Após sua morte, por suicídio, o casarão foi leiloado, passando por diversos donos, até chegar às mãos bispos de São Luís, sendo sede do Arcebispado da capital, quando recebeu o nome de “Palácio Cristo Rei”.

Leia também: Praça Gonçalves Dias (Largo dos Amores)

Nos anos seguintes, o Arcebispado cede o prédio à Faculdade de Filosofia do Maranhão, curso do qual se originou a Fundação Universidade do Maranhão. Durante a gestão de Josué Montello à frente da reitoria, o prédio é adquirido pela instituição e passa por reformas para sediar a Universidade.

Em 1991, um grande incêndio consome parte do casarão, destruindo documentos importantes da universidade, o que obriga a instituição a realizar uma grande reforma no Palácio, reinaugurando o imóvel em 21 de outubro 1993. É nesta data que a UFMA apresenta ao público o Memorial Cristo Rei, com o intuito de resgatar e preservar a história da universidade. No acervo do Memorial estão documentos, indumentárias oficiais, fotografias, máquinas antigas utilizadas por cursos da universidade, como o Remetec, usado para a comunicação e divulgação dos primeiros vestibulares. Existe também uma ala para exposições temporárias.

cristo reiO Palácio Cristo Rei foi construído pelo arquiteto Manoel Pulgão em estilo barroco tardio. O casarão possui dois pavimentos e um mirante, com duas entradas pelas laterais, sendo a principal, que dá acesso ao jardim e à escadaria que leva ao segundo piso, ornada com portal em cantaria trabalhada, coroado com a estátua da deusa Diana. No térreo, um conjunto de sete óculos com grandes de ferro enfeitam a fachada. No piso superior, um conjunto de três portas com balcão e duplas de janelas de verga cada lado. O conjunto central de portas repete-se no mirante, que tem suas paredes laterais revestidas de telhas coloniais. Dali se tem uma belíssima vista de onde se pode ver a Praça Gonçalves Dias e Ponte do São Francisco sobre o Rio Anil.

Leia mais: Ponte do São Francisco, cartão-postal de São Luís.

O jardim é um dos destaques da casa. Ali está um chafariz que provavelmente faz parte de um conjunto de seis peças inglesas de 1856 vindas para o abastecimento de água de São Luís por encomenda de Raimundo Teixeira Mendes, fundador da Companhia de Águas Rio Anil. Há também uma carranca nas paredes dos fundos do jardim, similar às das famosas fontes da cidade.

Palácio Cristo Rei
Praça Gonçalves Dias, 351. Horário de visitas: de segunda a sexta, das 8h às 11h e das 14h às 17h. Entrada gratuita.

Fonte: “São Luís, Ilha do Maranhão e Alcântara – Guia de arquitetura e paisagem”, de José A. V. Lopes (org.) Imagens: Ana Garjan / Divulgação UFMA

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s