Bares e baladas em São Luís

A vida noturna de São Luís ainda carece de opções diferenciadas. Como dizem por aqui – apesar dos 1,5 milhões de habitantes da região metropolitana, a cidade é um ovo, onde todo mundo se conhece ou pelo menos já se viu pelas baladas. As festas se concentram e três grandes sítios: na Lagoa da Jansen, na Av. Litorânea e no Centro Histórico. Existem outras opções pela cidade, não menos animadas, mas longe dos interesses de quem está visitando a cidade.

CENTRO HISTÓRICO

O local tem o clima mais cultural entre as três áreas. Tendo com cenário os casarões coloniais do século XVIII, lampiões e as ruas estreita de paralelepípedos, a região ferve mesmo às quintas e sextas-feiras. No sábado, pouca coisa funciona, e no domingo, o local é morto. Muita gente que trabalha pelo Centro faz o happy hour por ali. Os universitários também marcam seus encontros no local. Sem falar dos adolescentes que estão descobrindo a noite ludovicense que se reúnem em bandos para aproveitar enquanto as preocupações da vida adulta não se apresentam.

Os destaques da região são as rodas de tambor de crioula que acontecem todas as sextas-feiras, na Praça da Faustina. Na rua ao lado da Praça Nauro Machado também fica lotada. É ali que rodas de samba se concentram. Ao longo do Largo do Comércio (Rua da Estrela), bares recebem os clientes ao som de música ao vivo no estilo voz e violão. Há também o Mercado da Praia Grande, com os pequenos bares que servem bebidas típicas da região, como a Tiquira e sucos de frutas locais, como o bacuri e cupuaçu.

Na Rua da Palma, está o bar Barulhinho Bom e a boate Life Club SLZ, uma opção para quem prefere a música eletrônica. Para quem quer sentir a vibe do reggae, existe algumas casas pela escadaria Humberto de Campos. No beco Catarina Mina existem outras opções para apreciar o reggae. Próximo dali, na Rua da Estrela, em novembro, reabrirá o Chez SLZ, também com música eletrônica e bandas ao vivo. Mais a frente, na Rua do Trapiche, mais opções para ouvir e dançar o reggae e também samba.

Para comer, as sugestões são o Bar Antigamente, a La Pizzeria, as barraquinhas da feirinha na Rua da Feira da Praia Grande, ao lado da Câmara dos vereadores, que servem pratos e doces típicos, além de venderem artesanato, e o Cachorro-quente do Sousa (que já foi melhor, mas ainda assim é bom. O que cansa mesmo é a espera.).

Para chegar até lá, uma infinidade de ônibus te deixam no Terminal da Praia Grande ou fora dele. Táxi e carro também são fáceis, mas vale lembrar que deverão ficar no estacionamento da Praia Grande, já que o acesso com veículos é proibido em parte das ruas do Centro Histórico.

Leia mais: Confira alguns roteiros pelo Centro de São Luís.

AVENIDA LITORÂNEA

Curtir a noite com vista para o mar é privilégio de poucos. Ao longo da orla, algumas dezenas de bares com música ao vivo recebem turistas e autóctones. Há opções para quem quer passar a noite com mais tranquilidade e também para quem não dispensa um bom agito. Sertanejo universitário, pop-rock nacional e internacional, samba e reggae são as trilhas mais tocadas nesses bares. Há espaço para música eletrônica em alguns deles. Por ser um ambiente praiano, o visual não precisa ser tão sofisticado. O destaque é para o Bar do Nelson, uma das principais casas de reggae da cidade.

Para quem quer aproveitar e comer um pouco antes da balada, existem restaurantes com comida local, pizzarias, churrascarias, lanchonetes naturais e casas de petiscos, como os restaurantes Cabana do Sol, Biana Bistrô, L’Apero e Casa das Dunas, as pizzarias Magiorasca, Vignoli e Canto da Pizza, e o Soul Açaí, que serve sanduíches naturais. Os estabelecimentos funcionam de domingo a domingo, mas a maior movimentação é na sexta-feira e no sábado.

Para chegar até lá, carro, táxi e as linhas Calhau/Litorânea e Ponta d’Areia. Essas são linhas integradas, passam no Terminal da Praia Grande.

Leia mais: Conheça a Praia do Calhau

LAGOA DA JANSEN

A Lagoa é o ponto de encontro de gente descolada e jovem. Localizada em uma região nobre da cidade, ela concentra os bares, botecos, pubs e casas de shows mais badalados da cidade. A grande maioria com música ao vivo. Todo dia tem festa, mas é na sexta-feira e no sábado que o local ferve. Vale destacar que a Lagoa é espaço para grandes shows e festas nas áreas livres e no mirante.

Entre os botecos estão Zig Bar, Filial Boteco, Jurerê Bar, Salomé Bar, Por acaso, Botequim SLZ, Kitaro Botequim e Veneto Club, ponto de encontro dos amantes de rock. Para dançar tem o Mandamentos Hall (que sempre traz shows nacionais), Amsterdam Pub (com um público que vai dos adolescentes aos maduros amantes do rock), tem às quartas-feiras um karaokê com banda ao vivo, e Lagoa House. Há também bons restaurantes como o Maracangalha, Ferreiro Grill, Mercado do Peixe e Mercado 153.

Para chegar até lá só de táxi ou carro. Não passa ônibus por perto. Se for assim, terá de caminhar algumas centenas de metros.

Estão são as nossas dicas. Aproveite e venha viver São Luís.

Imagem: Reprodução da internet

Anúncios

2 comentários sobre “Bares e baladas em São Luís

  1. Cara, teu site é fantástico. Cheguei a pouco tempo por aqui e estava procurando opções de lugares a ir. Realmente pra entretenimento não se compara as outras cidades, mas pra quem quer se divertir, realmente tem boas opções. Parabéns!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s